quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

O bom e velho “frio na barriga” está de volta


Hoje é dia de matar saudade da ansiedade, da tensão, do frio na barriga que só uma partida decisiva da Libertadores é capaz de nos proporcionar.
A pressão sobre os atletas na partida de hoje contra o Bolivar, no Morumbi, será enorme. O Tricolor precisa fazer um resultado elástico o suficiente para jogar com tranquilidade a partida de volta nos absurdos 3.600m de altitude de La Paz.
E é justamente por causa dessa necessidade que o técnico Ney Franco optou pela entrada de Aloísio no lugar de P.H. Ganso, uma vez que assim o time voltará a atuar num esquema ao qual está mais adaptado, e de quebra, ganhará maior poder de fogo para obter uma boa vantagem de gols.
Mas não é só do friozinho na barriga que mataremos saudade esta noite. Hoje é dia de matar a saudade da simbiose time/torcida, é dia de sentir o Morumbi pulsando no ritmo de nossos corações, é dia de matar saudade da “nossa” competição.
El Campeón Volvió!
Imagem: Luca SM / SPFCpédia

2 comentários:

carlos@approbato.adv.br disse...

Pressão total nesta noite! Assim com a altitude vai nos sufocar em La Paz, temos que atropelar os caras e não dar tempo para respirarem.

Anônimo disse...

Fantástico seu texto! É assim que sinto hoje. Não vejo a hora de sair do trabalho, encontrar minha familia e rumar com as bandeiras desfraldadas ao vento para o templo mais sagrado da Libertadores!

Postar um comentário