segunda-feira, 1 de abril de 2013

Uma hora JJ consegue

Clique na imagem para ampliar

Idealizador do REFFIS, Luis Rosan, um dos melhores fisioterapeutas do Brasil, é demitido do SPFC.
Depois de Carlinhos Neves e Turíbio Leite, Rosan é mais um profissional de renome que deixa o clube, e assim, a “comissão técnica permanente”, um dos alicerces do sucesso do clube é desmontada por Juvenal Juvêncio

7 comentários:

Carlos Balaró disse...

A coisa está indo de pior para muito pior... Certamente o Rosan não vai ficar muito tempo fora do mercado; veja, o exemplo do Carlinhos Neves que foi para o Atlético/MG que, por sinal, está voando fisicamente. Por fim, se voltar derrotado da Bolívia, cai a comissão técnica e meio time vai ser mandado embora, começando pelo LF9.

Guedex disse...

Carlão,
Só não cai quem deveria cair...

Unknown disse...

Pela versão do Adalberto, a demissão está mais que justificada. Além dos atos lamentáveis de indisciplina (entrar no estádio na marra, sem pagar ingresso), parece que ele estava se envolvendo pouco com o Reffis.

Estou no aguardo da versão do Rosan.

Guedex disse...

Se a questão para dispensar um profissional do nível do Rosan for ingressos, eu pago.
Quanto a não ir no REFFIS todos os dias, é preciso ver se havia necessidade dele lá. Vários médicos não dãom plantão no mesmo local diariamente.
O que penso é que fará uma falta danada...

Carlos Balaró disse...

Guedex, quanto a saída do JJ, preocupa-me a relação de pretendentes ao cargo, a saber: Adalberto Batista, Leco e João Paulo; se é isso que se apresenta, temo sentir saudades do JJ.
ET: se quiser mandar uns ingressos lá pra casa aceitamos de bom grado (rs).

Guedex disse...

Pois é Carlão,
De depender dos candidatos da situação, "tamo" na roça...
Na oposição pode pintar o MAC ou alguém do grupo do Carlos Miguel.
Que saudades do MPG...

Anônimo disse...

Será que Rhodolfo, Aloísio e Osvaldo já são reflexos desta "reengenharia" no REFFIS??

Postar um comentário