sexta-feira, 3 de maio de 2013

Vade retro!

Clique na imagem para ampliar



Contratado para dar experiência ao time, Lúcio é novamente expulso em uma partida importante e é demonizado pela torcida tricolor.

2 comentários:

Carlos Balaró disse...

Realmente não dá pra inocentar o Lúcio da expulsão do jogo de ontem; um cara que tem a experiência dele, que jogou copa do mundo, que foi capitão da seleção nacional, não pode ser expulso aos 35min do 1º tempo após dois cartões amarelos estúpidos (reclamação e atropelamento por chegar atrasado na jogada). E lá se vai mais uma Libertadores ...

Régis/SP disse...

Minhas observações quanto ao Lúcio:

1) Sem dúvida ele foi pouco inteligente, mas quem deveria estar dando combate naquele setor do campo em Bernard eram os dois voltantes fracos que nos temos. Um deles, o Denilson, não sei como titular até hoje. Impressionante como um jogador omisso como ele tem moral com jornalistas e alguns blogueiros torcedores. Não fazer nada, não marcar, não atacar, não chutar, não cruzar e ainda passar errado consegue dar a ele o título de jogador mediano para bom em quase todas as partidas, quando ele é o verdadeiro ‘tumor’ desse meio de campo do São Paulo, sobrecarregando a defesa na marcação e não apoiando o ataque e os meias avançados.

2) O Lúcio foi invenção da diretoria. Ele era o terceiro reserva da Juventus, que fez festa quando se livrou do ‘mico’, e queriam o que? E a diretoria (leia-se JJ) não quis trazer Lugano, altamente identificado com o time e a torcida, por duvidar da atual capacidade dele. O 'Luciofer' estava capacitado?

Postar um comentário