quarta-feira, 16 de outubro de 2013

No mínimo "estranho"

O Itaquerão, dizem, já tem 90% das obras concluídas. Normal, a Copa está logo ali e o "istádio" precisa ficar pronto até dezembro para cumprir as "rígidas" exigências da FIFA (o próprio SPFC foi vítima dessa "rigidez", lembram?).
O que me causa "estranheza" é que até agora as obras tem sido executadas sem o dinheiro do BNDES (R$ 400 milhões) e o dos CID's (R$ 420 milhões). Tudo está sendo bancado "na confiança" pela Odebrecht, que inclusive pegou empréstimos em seu nome para financiar a obra.
Não bastasse isso, ontem o UOL publicou uma matéria informando que a instalação das arquibancadas provisórias, com capacidade para 21 mil pessoas e com custo estimado de R$ 38 milhões, serão iniciadas ainda esta semana sem que o "pool"  de empresas  que bancarão o projeto esteja fechado. Procurados, o Comitê Paulista da Copa, a Fast Engenharia e a AMBEV (que é uma das "patrocinadoras) não quiseram falar sobre o assunto. O contrato com a CAIXA, banco que intermediará o repasse do dinheiro do BNDES, também é mantido (ilegalmente) em sigilo.
Ou seja, mais uma obra que será tocada "na confiança" de que será paga.
Segundo informações amplamente divulgadas pela mídia o custo do Itaquerão com o valor dos juros dos empréstimos inclusos já chega a R$ 1 bilhão. Tudo fiado!.
É ou não "estranho"? Fico aqui pensando de onde vem tanta "confiança"?

6 comentários:

Carlos Balaró disse...

Companheiro Guedex, você tem 4 chances, conforme os dedos da minha mão, para descobrir quem é o responsável pelo fiado ...

Guedex disse...

Lulárápio! É você?

Anônimo disse...

Eu já desisti deste país. O time aqui da minha cidade agradeceria se o mesmo tratamento fosse dado para o estádio aqui e para que se fizesse um CT com terreno e dinheiro da mesma forma, mas acho que isso não vai acontecer.

Guedex disse...

Anônimo,
Para vc conseguirem o primeiro passo é eleger o Presidente da República...

Anônimo disse...

E vc acha que a empreiteira não vai ganhar alguma obra por aí para compensar? Tipo aquelas concorrências com carta marcada ou em ritmo emergencial que não requer licitação.

TRI-TRI disse...

E não é q isso faz sentido mesmo?

http://blogdoperrone.blogosfera.uol.com.br/2013/03/ao-bancar-lula-em-caracas-odebrecht-viu-chavez-prometer-pagamento-capaz-de-erguer-dois-itaqueroes/

Postar um comentário