segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Brasil, o pais do... sexo?

Da forma como nosso pais é visto no exterior, o maior legado da Copa 2014 será um festival de brasileirinhos mestiços.

Capa de jornal argentino após a classificação para Copa 2014, em setembro





Capa de jornal croata após a classificação para Copa 2014, na semana passada





Carro da Lotus com o termo "full brazilian", que é uma gíria estrangeira para a depilação íntima feminina brasileira, no GP Brasil deste final de semana





Que o governo trabalhe para mudar essa imagem e que ao menos o show de abertura da Copa e das Olimpíadas não seja um festival de bundas e peitos de fora.

Um comentário:

hazzamanazz disse...

Esse é o problema do brasileiro: sua sempre baixa auto-estima (ou o tal complexo de vira-lata que tão bem Nélson Rodrigues descreveu).
E por favor, sem essa de "sou brasileiro e não desisto nunca".

Os EUA tem a maior indústria pornográfica DO MUNDO, a Europa é conhecida por ser um dos continentes mais liberais quanto a prática sexual DO MUNDO e aqui na América do Sul a Argentina se tornou um dos primeiros países a autorizar o casamento homossexual.
Isso porque nem vamos citar Os Simpson - sim, eles! - que ao contrário do xilique que os brasileiros deram em 2000 pelo episódio dos ratos e macacos, é um tapa na cara da sociedade norte-americana.
Também não preciso mencionar South Park, certo?

E esses países são conhecídos POR ISSO e não pelo seu povo, arte, inventos e assim por diante, certo?

No entanto o brasileiro sempre bate na mesma tecla: mimimi "temos uma imagem ruim"...mimimi "exploração sexual"...mimimi etc.

Nao é a toa que não dá para levar esse país a sério, nem mesmo uma propaganda de uma cerveja chamada "Loura Devassa" e a Gisele Bundchen com lingerie pode passar na TV, por que raios os outros povos pensariam em alguma outra coisa além da mulher brasileira?

Enquanto o Brasil se levar tão a sério assim não vai mudar nunca essa imagem.

Postar um comentário