sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Especulando...

Já faz algum tempo que o São Paulo vem atuando com a camisa completamente limpa, sem patrocínio algum, nem sequer os chamados "pontuais"
RC e Fabuloso já aderiram a marca
Sabemos também que a saída da Penalty é uma questão de tempo, e que Rogério Ceni e Luis Fabiano passaram a utilizar chuteiras da Under Armour, empresa norte-americana que está entrando forte no mercado do futebol e já veste o Totteham e o Colo-Colo, além de prometer entrar na disputa pela camisa do Barcelona.
Quadriciclo do M1TO
Cartolas do clube também já declararam que entre as empresas interessadas em estampar sua marca na camisa tricolor a partir da próxima temporada há uma montadora, e, coincidência ou não, recentemente alguns quadriciclos da marca Honda passaram a circular pelas dependências do Morumbi, sendo um deles com pintura personalizada em homenagem ao M1TO. Seria uma boa sacada já que a empresa japonesa poderia atingir o mercado automobilístico e o de motos, este último em franca expansão no país.
UA e Honda? Quem sabe...
Sabem o que essas informações significam? Significam que precisamos de um novo fornecedor de material esportivo e de um patrocinador master para nossa camisa.
Para o fornecimento de material esportivo o clube não deve ter problemas, mas a obtenção de patrocínio está cada vez complicada uma vez que a concorrência, que já era grande acabou de aumentar, uma vez que Cruzeiro e Atlético perderam o patrocínio do BMG, sem falar que o contrato do Sport Club com a Caixa vence neste final de ano, e ninguém sabe ainda qual será a política da empresa com a posse da nova equipe econômica do governo (com tantos escândalos envolvendo estatais talvez seja conveniente o banco "dar um tempo"). 
Fora tudo isso, a farta disponibilidade de "vitrines" acaba puxando os valores para baixo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário