/* --- ---- */ By Guedex: Agosto 2011

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Diretor e piloto de corrida, Adalberto vira 'braço-direito' de Juvenal e gera ciúmes


Reprodução: UOL
Renan Prates
Adalberto (esq) ganhou a confiança de Juvenal Juvêncio e gerou ciúmes no São Paulo
Você deixaria de lado o comando de um dos maiores laboratórios farmacêuticos do país para se dedicar ao seu time de coração? Adalberto Baptista não só fez isso como tem conquistado cada vez mais espaço no São Paulo. Piloto de corrida nas horas vagas, ele ganhou a confiança do presidente Juvenal Juvêncio e até gerou ciúmes na cúpula são-paulina.
Um dos donos dos Laboratórios Ache, Adalberto se projetou nas diversas ações que realizou quando era diretor de marketing, mas chamou a atenção de Juvenal quando executou com êxito a tarefa de trazer de volta para o São Paulo o atacante Luis Fabiano, ídolo histórico do clube.
Mas nem só de elogios ficou marcada a 'missão Luis Fabiano'. Segundo já divulgou o Blog do Perrone, Adalberto foi alvo de críticas por ter mantido o jogador por três semanas em um hotel de Sevilla (Espanha), se recuperando lá ao invés de trazê-lo para o Reffis, e por ter levado o Fabuloso para acompanhá-lo em uma corrida de carros em Portugal com ele ainda lesionado.
A tarefa bem cumprida de Adalberto na Espanha foi um dos motivos que fez Juvenal mexer na estrutura do futebol do São Paulo, dando a ele a diretoria da pasta. João Paulo de Jesus Lopes virou vice-presidente do setor, enquanto Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, se tornou vice geral.
As mudanças deram poder ao novo dirigente, que apesar de não admitir ultrapassou alguns 'medalhões', como o próprio Leco, na briga para suceder Juvenal e gerou ciúmes nos bastidores do clube.
Como diretor de futebol, Adalberto enfrentou dois períodos turbulentos, ambos superados: o que culminou na saída do técnico Paulo César Carpegiani e a ameaça de ‘debandada’ das revelações do sub-20 do São Paulo, Casemiro e Henrique.
O dirigente disse já ter estabelecido uma estratégia para evitar que as crises se propaguem no São Paulo. “A ideia é tentar resolver os problemas com a maior brevidade possível. Às vezes, coisas muito pequenas se transformam em grandes proporções sem ter necessidade para isso”, explicou ao UOL Esporte.
Outra característica que Adalberto imprimiu no São Paulo foi tentar estabelecer um plano de carreira aos atletas na renovação, fato que gerou elogios de empresários ligados aos jogadores do clube. “Se o Adalberto estivesse à frente do assunto antes, seria muito melhor”, declarou recentemente Marcos Malaquias, agente do atacante Dagoberto.
“Deve ter uns que elogiam, outros que criticam. Mas eu quero fazer tudo da forma mais célere e transparente possível”, falou Adalberto. “No futebol ainda sou novo, não sei como era a relação com os jogadores, mas tentei imprimir a mesma forma de trabalho dos meus outros negócios”.

* Colaborou Ricardo Perrone

Sem tirar foco do jogo, marketing prepara festa para Ceni

Reprodução: LANCE!NET
Bruno Quaresma

Goleiro do São Paulo deve chegar a mil jogos na próxima semana

Imagem: Lucas Uebel/Vipcomm
A diretoria de marketing do São Paulo tem tido diversas reuniões desde a semana passada para definir os preparativos para o evento dos mil jogos de Rogério Ceni com a camisa do clube. A programação e as atrações ainda são tratadas em sigilo, mas a promessa é de uma festa diferente da realizada em 29 de março deste ano para a apresentação de Luis Fabiano.
Isso porque o clube não quer desviar o foco da partida contra o Atlético-MG, que pode vir a ser decisiva para a disputa da liderança do Campeonato Brasileiro. O marketing espera anunciar a programação até segunda-feira. O sigilo é mantido porque algumas ações estão em fase de orçamento e o clube não quer anunciar algo, que ainda não esteja 100% garantido.
A antecipação da partida para o dia 7 foi pedida pelo clube, que espera um grande público no Morumbi, já que o jogo acontecerá às 16h e em um feriado (antes seria às 18h da quinta). Existe a possibilidade de uma promoção nos ingressos.
Ceni completa nesta quarta-feira, contra o Fluminense, seu 998º jogo e toda a expectativa é para o milésimo acontecer na próxima quarta.

Grandes feitos de Rogério Ceni foram longe do Morumbi:

Primeiro e centésimo gol
O primeiro gol de Ceni aconteceu em Araras e o centésimo na Arena Barueri.

Recorde de gols
Em 2006, quando Rogério Ceni superou Chilavert e se tornou o maior goleiro-artilheiro da história do futebol mundial, o feito foi realizado no Mineirão, diante do Cruzeiro.

Recorde de jogos
Em duelo realizado com o Atlético-MG, no Mineirão, em julho de 2005, Ceni superou o recorde de 617 jogos de Valdir Peres  com a camisa do São Paulo.

Ex-sócio do consultor do COL recebeu R$ 17 mi por projetos da Copa

Reprodução: Portal Copa 2014
 
Empresa foi contratada por indicação de Ricardo Teixeira, sem licitação

Arena Amazônia, em Manaus, um dos projetos com participação da Stadia (crédito: GMP/Divulgação)

Quatro cidades-sede da Copa pagaram mais de R$ 17 milhões ao Grupo Stadia por projetos arquitetônicos dos estádios. Em um dos casos, Carlos De La Corte, consultor do COL (Comitê Organizador Local) indicado pelo presidente da CBF, Ricardo Teixeira, sugeriu a contratação da Stadia, cujo dono é Danilo Carvalho, seu ex-sócio. A informação é do jornal "Folha de S.Paulo".
"Procuramos a empresa de Carlos de La Corte e tivemos a sugestão do nome do Danilo, que é parceiro dele. O Carlos sugeriu dois ou três nomes. Como eu já estava em São Paulo e as outras empresas eram de fora do Brasil, foi mais fácil o contato. É aquela história de unir o útil ao agradável", disse Fernando Fernandes, ex-secretário da Copa 2014 no Rio Grande do Norte, ao jornal.
Fundado em junho de 2009, um mês depois do anúncio das cidades-sede do Mundial, o Grupo Stadia teria conseguido os contratos sem licitação. Para projetar o novo estádio de Manaus, por exemplo, a empresa recebeu R$ 14,7 milhões, com apenas 53 dias de existência. O governo do Amazonas alegou "inviabilidade de competição", brecha usada na Lei de Licitações.
Em Natal, o projeto custou R$ 2,3 milhões. Após o Ministério Público ter constatado um direcionamento de licitação, o governo do Rio Grande do Norte mudou um item do edital que previa que a empresa vencedora contratasse a Stadia para fazer também os projetos de engenharia.

Sócios
Carlos De La Corte e Danilo Carvalho foram sócios por 20 meses - entre fevereiro de 2008 e outubro de 2009, na Daro Engenharia. O projeto de Manaus, então, foi contratado durante a sociedade, quando De La Corte já estava à frente do COL.
"Trabalhei efetivamente por algum período no começo do COL e foi aí que acabei conhecendo as cidades. Eu ainda era sócio do Carlo de La Corte", afirmou Carvalho. Depois, afirma o diretor da Stadia, ele apenas participou de "reuniões" do comitê. De acordo com Carvalho, a sociedade chegou ao fim por "discordância de opinões". De La Corte preferiu ficar no COL e ele projetar estádios.

Leia a nota oficial da Stadia sobre a polêmica.

O que será que aconteceu?


Estava olhando a lista dos jogadores relacionados para o jogo de hoje a noite no Morumbi contra o Fluminense e reparei que o Fernandinho não está nela.
O que será que aconteceu?
Será que está sendo poupado? Ou então, foi liberado para acompanhar o nascimento do filho?
Já sei: O Tricolor não quer expô-lo hoje porque a janela de transferências ainda esta aberta!
Não, não me digam uma coisa dessas... está machucado?! Sério?
Caramba, que surpresa...

ONG e SPFC realizam sonho de jovem São-Paulino


Garoto que sofre de câncer realiza sonho de conhecer ídolos do Tricolor

Reprodução: globoesporte.com
Marcelo Prado e Sergio Gandolphi

Com ajuda de uma ONG de Campinas, Jorge Luiz, de 14 anos, ganhou camisa de Rogério Ceni e pediu para Dagoberto um gol contra o Flu

Um dia para ficar guardado com carinho na memória do garoto Jorge Luiz Martins, de 14 anos. Com câncer, ele tinha como grande sonho conhecer o estádio do Morumbi e poder acompanhar um treino do seu time do coração. E, com a ajuda da ONG Sonhar Acordado, de Campinas (SP), e de uma leve mentira da mãe, Rosemari Martins, isso foi possível nesta terça-feira.
Morador de Cruzeiro, interior de SP, Jorge foi para São Paulo com a explicação de que precisaria realizar um exame. Só descobriu o que aconteceria na verdade quando viu o Morumbi de perto. Depois de conhecer todas as instalações do Cícero Pompeu de Toledo, foi ao CT da Barra Funda. E chorou de alegria. Três vezes.
Ceni assina camisa que deu de presente a Jorge (Foto: Renata Libertini / Divulgação ONG Sonhar Acordado)

Primeiro, ao ver os ídolos de perto, desabou de emoção e abraçou a mãe. Depois, quando o treino acabou, foi carinhosamente recebido pelos jogadores. Ganhou uma camisa do goleiro e capitão Rogério Ceni, que o convidou para acompanhar a partida desta quarta-feira, contra o Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro.
O melhor ficou para o final. Fã de Dagoberto, o moleque voltou a chorar copiosamente. Ao ganhar um autógrafo do camisa 25, pediu.
- Dagoberto, faz um gol para mim?
O atacante respondeu:
- Pode deixar. Além do gol, que vou tentar, a minha camisa do jogo será sua, ok?
Garoto chora ao ficar perto do ídolo Dagoberto, que lhe dará a camisa que será usada na partida desta quarta-feira, contra o Fluminense, pelo Brasileiro (Foto: Sergio Gandolphi / Globoesporte.com)

Outros jogadores passaram. Jorge tirou foto com Lucas, Juan, com o auxiliar técnico Milton Cruz. E ainda visivelmente emocionado, comentou a experiência.
- Eu mal consigo falar de tanta alegria. Minha mãe deu o melhor presente da minha vida. Ficar perto deles é tudo que eu sempre sonhei na minha vida. Essas fotos ficarão guardadas com carinho e espero conseguir ir ao jogo e dar sorte ao time – disse Jorge.
A mãe, corintiana fanática, disse que pelo menos por um dia, virou a casaca.
- Pelo meu filho, posso dizer que vivi um dia de são-paulina - disse, sorrindo, dona Rosemari.
Garoto agradece o presente que ganhou da mãe (Foto: Renata Libertini /Divulgação ONG Sonhar Acordado)


Comentário do blog
Parabéns à ONG Sonhar Acordado pela iniciativa, e ao SPFC e seus profissionais pela realização deste sonho.

E ao Jorge, meus sinceros votos de sucesso em seu tratamento.


São Paulo programa volta aos treinos de Luis Fabiano para segunda-feira

Reprodução: UOL
Renan Prates e Ricardo Perrone


Está cada vez mais próximo o retorno do atacante Luis Fabiano aos gramados. O UOL Esporte apurou que os médicos do São Paulo estão programando a volta aos treinos do jogador para a próxima segunda-feira, e esta previsão, inclusive, já foi repassada para o Fabuloso.
Oficialmente, o São Paulo se nega a estabelecer prazos para o retorno de Luis Fabiano e sequer dizer o dia em que ele voltará a treinar no campo do CT da Barra Funda.
A reportagem tentou entrar em contato com o médico do São Paulo, José Sanchez, e com a assessoria de imprensa do time tricolor para repercutir a informação obtida com pessoas ligadas ao estafe de Luis Fabiano, mas não obteve sucesso.
Principal reforço do São Paulo para a temporada, Luis Fabiano foi apresentado no final de março e ainda não conseguiu fazer a sua reestreia com a camisa do time tricolor. Problemas de lesão e na cicatrização impediram que isso acontecesse.
Já recuperado do problema de cicatrização que retardou o seu retorno aos treinos, Luis Fabiano vem fazendo fortalecimento muscular no Reffis. Apesar de treinar no mesmo local que os demais jogadores, ele tem sido preservado pelo São Paulo, não concedendo entrevistas.
Na noite desta terça-feira, ele rompeu o silêncio e deu um indício forte de que seu retorno está bem próximo. "Depois de muitas lutas e passar os piores meses da minha carreira, posso dizer que está chegando ao fim esse sofrimento", escreveu no Twitter.
"Obrigado a todos que me apoiaram nesses momentos de lutas. Espero poder dar muitas alegrias a toda nação são-paulina", complementou o Fabuloso na sua página pessoal no microblog.
A última aparição pública de Luis Fabiano foi no dia 15 deste mês, quando deu voltas pelo gramado do CT e encheu os torcedores de esperança de ter o retorno próximo do artilheiro e ídolo.

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Maria Mole?

No clássico contra o Vasco, Alex Silva, o Pirulito, voltou a sentir joelho e não tem data para voltar. 
Parece que o Tricolor sabia o que estava fazendo ao desistir da contratação do zagueirão...

Diretor diz que "seis ou sete" são-paulinos foram fortemente assediados para sair

Reprodução: UOL

O diretor de futebol do São Paulo, Adalberto Baptista, disse que o clube tem sofrido com o forte assédio do mercado europeu. Sem citar nomes, ele falou que pelo menos seis atletas receberam propostas para sair.
“A gente teve aí seis ou sete jogadores assediados, mas o nosso intuito é ser campeão e a gente não pode abrir mão de nenhum desses jogadores, que fazem parte aí dos 18 a 20 tido como titulares”, falou o dirigente.
O último capítulo do assédio aos jogadores do time tricolor foi com o zagueiro Rhodolfo, que recebeu uma proposta da Juventus da Itália para que ele deixe o São Paulo já na janela que se encerra no final deste mês.
O São Paulo chegou até a divulgar uma nota oficial negando qualquer possibilidade de vender o atleta, que é o principal nome do setor, que atualmente conta com cinco jogadores de ofício no elenco.

Letra da lei

Reprodução: Painel FC

Juristas do governo federal afirmam serem legítimas as manifestações de torcedores contra o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, durante partidas de futebol e que não há nada no Estatuto do Torcedor que impeça esse tipo de protesto, desde que se trate de manifestação política pacífica. Trata-se de liberdade de expressão, justificam os juristas. Somente manifestações de cunho racista, xenófobo ou preconceituoso estão proibidas.

Equipe saiu no lucro no primeiro turno

Reprodução: LANCE!NET
Marcio Porto

Apesar dos pesares, o balanço do primeiro turno do São Paulo, no fim das contas, pode ser considerado positivo. Primeiro porque a equipe sempre esteve no topo da tabela. Embora não seja líder desde a sexta rodada, não perdeu o Corinthians de vista, hoje apenas dois pontos na frente. E isso com problemas dos mais variados, muito mais do que o rival, por exemplo.
Do elenco do Alvinegro paulista, quatro jogadores ficaram um tempo parado por lesão: Liedson, Julio Cesar, Chicão e Fábio Santos. O problema do último será o único que ultrapassará um mês de recuperação. Já o Tricolor ficou sem Rhodolfo, Xandão (titular até a chegada de João Filipe, contratado às pressas), Luiz Eduardo, Henrique Miranda, Rodrigo Caio, Denilson (que está parado atualmente) e Fernandinho. Sem falar em Lucas, que perdeu jogos com a Seleção Brasileira, principalmente na Copa América, e o quarteto da Seleção Sub-20: Bruno Uvini, Casemiro, Willian e Henrique, mais de um mês afastados. É um time inteiro. Lembrando que o Corinthians também teve Ralf convocado para amistoso na Alemanha.
Diante disso, com Adilson Batista tendo aos poucos seu elenco inteiro nas mãos, a tendência é que a equipe fique mais fortalecida, como já mostrou no clássico contra o Santos, no último domingo. Assim, terá tudo para parar com os vacilos, principalmente dentro de casa. Nos últimos jogos em casa, até saiu na frente (contra Palmeiras, por exemplo), mas cedeu o empate depois. Com mais atenção, ou os adversários, o Corinthians principalmente, se cuida, ou a vacilada de deixar o rival próximo pode custar caro. Bom para o São Paulo.

Comentário do blog
Fora o relatado acima, o São Paulo ainda teve a troca de técnico.
Colocando tudo na balança diaria que está ruim, mas está bom.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Protesto contra BMG

Reprodução: Radar on-line

Começou um movimento entre alguns clubes para convencer o BMG a mudar a cor da sua logomarca estampada em uniformes. Alguns times reclamam que o laranja é de mau gosto e responsável pela queda nas vendas de camisas.
O BMG não pensa em alterações. E ninguém também parece disposto a chiar muito. O banco hoje é disparado o maior patrocinador do futebol brasileiro.

Comentário do blog
Causa perdida.

Camiseta "Eu @%#&! pro Ricardo Teixeira"


Visando dar ma força ao movimento “Fora Ricardo Teixera” (e ao caixa do site), o by Guedex está lançando a camiseta ”I shit for RT”.
Entre em contato e adquira a sua pelo e-mail byguedex@gmail.com  colocando no campo "Assunto" a palavra CAMISETA.
 
Clique na imagem para ampliar
 
 

Voz do povo é a voz do adeus!

Torcida do São Paulo
Torcida do Palmeiras
Torcida do Corinthians
Torcida do Grêmio
Torcida do Internacional
Torcida do Ceará
Torcida do Figeirense

Na corda bamba


Após somar apenas nove pontos nas últimas nove partidas, Tite pode cair.

Nota oficial: Rhodolfo

Reprodução: Site Oficial do SPFC

A diretoria do São Paulo descarta qualquer possibilidade de negociação com o zagueiro Rhodolfo nesta janela de transferência, que se encerra no próximo dia 31. O camisa 4 despertou o interesse da Juventus, da Itália. Contratado neste ano, ele tem vínculo com o Tricolor por cinco temporadas. O defensor disputou 31 partidas e marcou quatro gols.
"Já me reuni com o Rhodolfo. Expliquei a importância que o jogador tem para o grupo e também para os nossos objetivos, que são os títulos de 2011. E, prontamente, ele concordou e seguirá no clube", disse Adalberto Baptista, diretor de futebol do São Paulo.

Afago

Reprodução: Painel FC

O relacionamento da diretoria do São Paulo com agentes de jogadores do clube, que era péssimo, está mais amigável. Empresários dizem que o clube cedeu em alguns pontos para renovar com seus jovens talentos, o que melhorou o diálogo.

sábado, 27 de agosto de 2011

São Paulo estreará novo patrocínio no clássico contra o Santos

Reprodução: LANCE!NET
Marcio Porto

Clube fechou com a Steck, que estampará sua marca nos próximos cinco jogos

O departamento de marketing do São Paulo fechou um patrocínio de ocasião para as próximas cinco partidas da equipe, a começar pelo clássico deste domingo, na Vila Belmiro, contra o Santos. A empresa que estampará a marca na barra da camisa será a Steck, produtora de materiais elétricos, principalmente tomadas. Os valores não foram revelados.
O logo da Steck substituirá o da Copagaz, cujo acordo de seis meses, feito assim que o clube anunciou a contratação de Luis Fabiano, em março, venceu. O novo acordo, aliás, é o primeiro oficializado mesmo após os problemas para recuperação da lesão do jogador – o atacante se recupera de uma cirurgia plástica na coxa direita para correção de um problema de cicatrização decorrente de outra operação.
Nesta e na última temporada, o clube fechou uma série de acordos pontuais tanto para a barra quanto para a manga das camisas. No momento, o espaço das mangas são ocupados pela Yázigi, empresa de idiomas que também virou parceira por conta do Fabuloso. O contrato, neste caso, é até o fim do ano.
Pelo acordo, além de contra o Santos, a Steck estampará sua marca na camisa são-paulina diante de Fluminense (31/8), Figueirense (3/9), Atlético-MG (8/9) e Grêmio (11/9).
O clube tem como patrocinador principal o banco BMG, cujo contrato vai até o fim do ano, com possibilidade de prorrogação por seis meses.

O Ministério Público Federal derruba proibiçãoda Federação Catarinense de Futebol


Reprodução: Blog doJuca Kfouri

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL
PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO MUNICÍPIO DE JOINVILLE/SC
RECOMENDAÇÃO

O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, pelo Procurador daRepública infrafirmado, no exercício de suas atribuições constitucionais e legais,respaldado, em especial, no art. 6º, inciso XX, da Lei Complementar nº 75/93, e CONSIDERANDO
1. competir ao MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL zelar pelo efetivo respeito dos Poderes Públicos e dos serviços de relevância pública aos direitos assegurados na Carta Magna, promovendo as medidas necessárias à sua garantia, conforme prescrito pelo art. 129, II, da Constituição Federal, e arts. 5º, I, “h” e art. 6º, V, c/c art. 7º, da Lei Complementar nº 75/93;
2. que a Federação Catarinense de Futebol (FCF) lançou em seu endereço eletrônico uma Nota Oficial, na qual veta (censura prévia) qualquer manifestação nos estádios catarinenses contra a Confederação Brasileira de Futebol –CBF – ou seu Presidente, Ricardo Teixeira.
3. que a FCF ameaça impedir a entrada ou retirar dos estádios catarinense torcedores que manifestem contra a CBF ou seu Presidente.
4. que tal Nota fere de morte o direito de livre expressão de pensamento e manifestação, garantido em diversos Tratados e Convenções internacionais das quais o Brasil é signatário, além da Constituição Federal.
5. que incumbe ao MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL promover as medidas necessárias para a proteção do interesse público, sendo os principais instrumentos de atuação a expedição de RECOMENDAÇÕES, a instauração de INQUÉRITOS CIVIS e o ajuizamento de AÇÕES CIVIS PÚBLICAS;

Dessa forma, O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL RESOLVE:

RECOMENDAR,
à Federação Catarinense de Futebol e ao Estado de Santa Catarina, representado pelo Sr. Sadi Lima, que
a) revogue a determinação de inviabilizar o exercício do direito a crítica e manifestação de pensamento.
b) afaste a determinação de impedir a entrada nos Estádios, ou retirar dos Estádios, torcedores que estejam exercendo seu direito a crítica e manifestação de pensamento.

Ao Estado de Santa Catarina que não impeça a entrada, ou retire dos estádios, torcedores que estejam exercendo seu direito constitucional de crítica e manifestação de pensamento.
Por derradeiro, ADVERTE que o não atendimento da presente RECOMENDAÇÃO ensejará a adoção das medidas legais cabíveis.
Salienta ainda que as providências adotadas em virtude desta recomendação deverão ser imediatamente informadas a esta Procuradoria da República, ou, no máximo, em 48 horas.
Joinville/SC, 26 de agosto de 2011.

Mário Sérgio Ghannagé Barbosa
Procurador da República

Luiz Rosan pode deixar o Tricolor

Segundo a coluna Painel FC, o fisiologista do São Paulo e da seleção, Luiz Rosan, foi sondado pelo Málaga, da Espanha, e não descartou a transfência. Caso a saída se confirme será o terceiro profissional de nível internacional a deixar o clube. Os outros foram o preparador físico Carlinhos Neves e o fisioterapeuta Turíbio Leite, ambos também da seleção brasileira.

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Porcordeiro


Contrariando desejo de Marcos e Felipão, Palmeiras se curva à Del Nero e leva Derby Paulista para Presidente Prudente.
Além disso, cederá 18 mil ingressos ao SCCP mesmo sabendo que irá receber apenas 2 mil no jogo de volta, no Pacaembu.
O Palmeiras realmente está se apequenando.