/* --- ---- */ By Guedex: Maio 2012

quinta-feira, 31 de maio de 2012

R10: Causa justa ou justa causa?

Clique na imagem para ampliar

Ronaldinho Gaúcho, que cobra R$ 40 milhões do Flamengo, consegue liminar no Tribunal Regional do Trabalho e está livre para acertar com outro clube.
Resta saber que alguém quer tê-lo no elenco.

Vira-lata complex

Clique na imagem para ampliar

Brasil vence seleção norte americana mais uma vez e aumenta o complexo de Vira-latas dos estadunidenses no futebol

Enfim, foi-se!

Clique na imagem para ampliar


Agora é torcer para não entupir a manilha, afinal, nele não dá pra confiar...

Enquanto isso, no setor de expedição...

Clique na imagem para ampliar


Após o pagamento da multa contratual acrescida de indenização por perdas e danos Oscar é liberado para o Internacional.

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Um “Oscar” para o Oscar?


É muito difícil para quem esta de fora avaliar se a liberação de Oscar pelo valor de R$ 15 milhões foi boa ou não para o clube, ou se houve um vencedor na disputa, afinal não sabemos a real situação do processo.
Se levarmos em conta que Oscar teve que pagar a multa para deixar o clube, a conclusão é de que o SPFC “venceu” o confronto.
Por outro lado, o Tricolor liberou um jogador da seleção brasileira ao preço da multa de uma jovem revelação, já que a base de cálculo foi o contrato vigente na época em que o atleta entrou com a ação.
Para efeito de comparação, Lucas Piazon, que não chegou a fazer uma única partida sequer como profissional foi vendido para o Chelsea por um valor semelhante (€ 7 milhões). O valor de mercado de Oscar hoje é muito superior aos R$ 15 milhões e por esse ponto de vista o Internacional fez um baita negócio, além de poder contar com o futebol do atleta.
Analisando pelo lado do Oscar, há alguns anos atrás ele ganhava R$ 9,500,00 e não tinha nenhuma porcentagem de seus direitos econômicos, e hoje, aufere por volta de R$ 150 mil e possui parte de seus direitos (com o acordo 50% serão do Internacional, e 50% divididos entre Oscar/Giuliano Bertolucci e investidores).
Eu defendia a tese de que o Oscar tivesse o vinculo restabelecido com o São Paulo e emprestado ao Inter até que fosse vendido para o exterior, cabendo ao time gaúcho um percentual sobre a valorização do atleta.
Desta forma o Oscar jogaria onde queria (e ganhando bem), o Internacional usufruiria de seu futebol e teria algum retorno financeiro e o São Paulo teria seus direitos preservados.
O acordo fechado hoje foi o acordo possível, já que as partes que tinham algo a perder (SPFC e SCI) não quiseram “pagar pra ver”.
Com ele o São Paulo pode dizer que não cedeu e que só liberou o jogador com o pagamento da multa.
O Internacional posará de bom moço, dizendo que jamais agiu de má fé ao aceitar o jogador em suas fileiras, e prova disso, desembolsou alta soma para ressarcir o clube paulista.
E o Oscar?
Bom, o Oscar esta onde quer, ganhado o que quer.
Eu fiquei com a impressão de que nessa história toda quem se deu bem foi justamente aquele que virou as costas ao SPFC e demonstrou não ter gratidão.
Mas, como a multa estabelecida foi de fato paga não há do reclamar.
Resumindo: Os clubes terão seus troféus para colocar na prateleira, mas quem realmente levou o prêmio foi o Oscar.
Resta saber o que os meninos lá de Cotia acharam desse final...



Atualização: 17h00

Segundo as informações disponíveis a multa de R$ 15 milhões será paga por Internacional, Oscar/Bertolucci e um investidor (R$ 5 milhões cada em 4 parcelas).
Com isso os direitos econômicos de Oscar ficam assim divididos: 50% Internacional (já havia adquirido uma parte) 25% Oscar/Bertolucci e 25% para um investidor ainda não revelado.
Porém essa conta não fecha já que o Internacional já havia pago € 3 milhões (R$ 7,470 milhões) ao atleta em 2010. Com mais R$ 5 milhões o total pago pelos 50% superaria os R$ 10 milhões pagos pelos parceiros nos outros 50%.

Solução do caso Oscar

Reprodução: Site Oficial do SPFC

Jogador e Inter pagam multa mais perdas e danos, e São Paulo FC recebe maior valor já pago pela transferência de um atleta entre clubes do Brasil

O São Paulo Futebol Clube vem a público informar que o Atleta Oscar dos Santos E. Júnior formalizou, mediante o pagamento da multa contratual acrescida de perdas e danos, o pedido de rescisão do seu contrato com o SPFC, encerrando assim a disputa judicial que teve início, por iniciativa do próprio Atleta, em dezembro de 2009.
Na petição que apresentou hoje ao Tribunal Superior do Trabalho, o Atleta Oscar reconheceu que, mesmo com as recentes deliberações que o permitiriam atuar pelo Sport Club Internacional, o acórdão do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, observando a validade do seu contrato anterior com o SPFC, deixaria sob dúvida a possibilidade de o Atleta participar das competições.
Por isso, o Atleta Oscar decidiu encerrar a discussão judicial, formalizando, para tanto, expresso pedido de rescisão do contrato firmado com o SPFC, mediante o pagamento da cláusula penal vigente à época de sua saída, acrescida de indenização por perdas e danos, totalizando o valor de R$ 15.000.000,00 (quinze milhões de reais), que será pago ao SPFC conjuntamente pelo Sport Club Internacional e pelo o Atleta.
O montante acima mencionado representa o maior valor já pago por um clube brasileiro a outro pela transferência/rescisão de contrato de um atleta profissional de futebol.
A conclusão do processo movido pelo Atleta Oscar encerra o ciclo estabelecido a partir dos 3 (três) processos judiciais movidos por atletas formados no SPFC - Lucas Piazon, Diogo e Oscar - que, sob orientação de seus empresários, acionaram o Poder Judiciário com a pretensão de extinguir seus vínculos com o Clube, independentemente do pagamento da devida multa rescisória. Todos os casos foram resolvidos com pleno êxito em favor do SPFC.
Para o diretor de futebol Adalberto D. Baptista: "o recebimento da multa acrescida das perdas e danos encerra mais de 30 meses de litígio judicial. O mais importante é que restabelece o respeito às obrigações assumidas em contrato e confirma que todas as condutas do SPFC nesse caso foram absolutamente legais e regulares."
O Presidente Juvenal Juvêncio declarou: "o que se discutia aqui não dizia respeito apenas a direitos, ora plenamente reconhecidos, do São Paulo Futebol Clube. Mas sim, o futuro do Futebol Brasileiro, que tem na formação de atletas pelos Clubes o seu oxigênio. Sempre entendi e manifestei que o que estava em jogo na solução do 'caso Oscar' era a segurança jurídica que os Clubes teriam, ou não, para realizar seu trabalho vital de formação de atletas. As decisões que prevaleceram e foram reconhecidas neste acordo devolvem aos clubes essa tranquilidade essencial para realização do seu trabalho. Parabenizo, assim, o esforço de todos os envolvidos, em especial do Dr. Carlos Eduardo Ambiel e equipe que, com competência e denodo, tomaram todas as medidas ao seu alcance para a defesa da Instituição e dos valores maiores em discussão neste processo."

Baixe já o seu Guia do Brasileirão

Reprodução: Site Oficial do SPFC

Tenha todas as informações da história do Tricolor na principal competição nacional

A cada campeonato o Site Oficial do Tricolor disponibiliza informações e estatísticas completíssimas sobre o retrospecto são-paulino no torneio.
O trabalho do historiador do clube, Michael Serra, em parceria com a Publishouse, agora está disponível também para download, para todos os torcedores!
Clique na imagem, baixe o PDF do Guia do Brasileirão e acompanhe o Tricolor na edição 2012!

Nem o Lampadinha aguenta mais o Prof. Adilson

Clique na imagem para ampliar


Após 10 jogos e aproveitamento de 63,3%, Adilson Batista deixa o Atlético-GO.
Desde que deixou o Cruzeiro em 2010 onde permaneceu por dois anos e meio, Adilson já passou por SCCP ( 3 meses), Santos ( 3 meses), Atlético-PR ( 3 meses), São Paulo ( 5 meses) e agora Atlético-GO ( 2 meses).

terça-feira, 29 de maio de 2012

A receita de Fucile

Clique na imagem para ampligar


O lateral direito Fucile, do Santos, resolveu “apimentar” o confronto com o SCCP válido por uma vaga na final da Libertadores e  publicou em sua página do Facebook uma receita de “Gambá à La Santos”.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Traffic busca patrocínio único para Flamengo, SCCP, São Paulo e Vasco


Segundo Lauro Jardim, da coluna Radar on-line, J. Hawilla apresentou proposta aos três clubes com maior torcida no Brasil e mais o quinto (Vasco), projeto para buscar um único patrocinador disposto a investir nas quatro equipes.
Ainda segundo o colunista, mesmo faltando o Flamengo assinar a procuração a Traffic já negocia com algumas empresas.
Algum tempo atrás a 9ine, agência de marketing esportivo de Ronaldo Nazário, também tentou o mesmo tipo acordo com uma montadora sul-coreana mas não obteve sucesso.
Além das incertezas decorrentes da crise na Europa e das grandes companhias já terem dado destino às suas verbas de patrocínio para 2012, o aumento da oferta (vários clubes sem patrocínio) deve puxar o valor para baixo.
A verdade é que mesmo que esses clubes consigam um novo contrato de patrocínio, seja conjunto ou individual, os valores deverão ser significativamente menores daqueles inicialmente pretendidos pois os investidores consideram que o mercado esta inflacionado.

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Zorra Total

Clique na imagem para ampliar


Ao ser repreendido por Joel Santana por causa de atrasos Vagner Love respondeu:
“Você passou dez dias sem nem aparecer aqui no campo para comandar treino. Você não tem moral para falar de ninguém aqui”

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Ao invés de salário, Mengão paga mico

Clique na imagem para ampliar


Assis, irmão e empresário (não necessariamente nessa ordem) de Ronaldinho Gaúcho, cujos salários estão atrasados há vários meses, visita loja oficial na sede do Flamengo e sai com vários artigos esportivos com a marca R10 sem pagar.
- O Flamengo não paga meu irmão, então não vou pagar também – declarou.

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Tá cada vez mais down no High Society

Clique na imagem para ampliar

SCCP volta atrás e aceita patrocínio pontual para partida contra o Vasco.
Falta de patrocinador atinge também Flamengo e São Paulo, os três clubes com maiores torcidas do país.

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Com esse time, só um “azulzinho”...


Brochante.
Essa é a única palavra que encontrei para definir o desempenho do Tricolor contra o Botafogo ontem no Engenhão.
Nem raiva deu para sentir.
O elenco não é uma maravilha mas é inadmissível um time ser tão fraco defensivamente como esse São Paulo de Emerson Leão.
Em oito meses de trabalho o técnico tricolor tinha a obrigação de ter organizado o sistema defensivo da equipe independentemente dos jogadores que tenha a sua disposição.
O Santos, antes da chegada de Muricy, levava um monte de gols mas o técnico soube montar um esquema que protegesse a zaga. E Não precisou contratar ninguém. Durval e Edu Dracena foram mantidos.
No time do São Paulo ninguém marca. Os jogadores escalados por Leão não tem essa característica e o esquema deixa a defesa despropegida.
Da formação com Casemiro, Jadson, Denilson e Cícero, somente Denilson é volante, e mesmo assim não é um “pegador”.
Junte-se a isso dois laterais que avançam constantemente e uma na zaga com deficiências, e a festa está formada.
Leão tem, repito, a obrigação de ver isso!
Se o Paulo Miranda está falhando e o técnico não confia no Edson Silva e no João Filipe, que ao menos teste o Bruno Uvini e o Luiz Eduardo. 
E porque não dar uma chance ao Rodrigo Caio no meio campo?
Não deu certo? Mude o esquema!
Não gosto do 3-5-2, acho que o São Paulo ficou escravo desse esquema, mas hoje, com os atuais jogadores, me parece ser a única saída para não virarmos saco de pancadas. Isso mesmo: saco de pancadas!
Outra coisa que precisa mudar urgentemente é acabar com mi-mi-mi.
A cada derota é o mesmo chororô: O Rhodolfo cobrando as falhas na defesa (ele é não é um dos zagueiros?), o Leão dando indiretas via imprensa e a diretoria rebatendo, o Luis Fabiano cobrando "vergonha na cara", o Lucas dizendo que "acabou a fase de erros", e blá blá blá...
Chega! Estamos de saco cheio! Calem a boca e JOGUEM BOLA!
Comecei a assistir o jogo de ontem cheiro de esperança de que com um novo campeonato o time ganharia também novo ânimo.
Em vão. Ao fim dos 90 minutos, veio aquele sentimento de impotência...
Se o time continuar do jeito que esta nem o “azulzinho” vai dar jeito.
Só com prótese.

São Paulo vai ao Rio e traz três pontos

Clique na imagem para ampliar

São Paulo leva virada de 4 a 2 para o Botafogo e começa Brasileirão 2012 com derrota.

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Enquete: Quais as reais chances do Tricolor no Brasileirão 2012?


Amanhã às 18h30 começa o Campeonato Brasileiro 2012. Até seu final, em 02 de dezembro serão 38 rodadas.
Para o nosso Tricolor o campeonato começará domingo, às 16h no Engenhão contra o Botafogo e terminará no Morumbi, contra o SCCP, também às 16h.
Se Deus quiser (e o time ajudar), o São Paulo terá que se dividir entre o Brasileirão e a Copa do Brasil  até o final de julho, quando será disputada a final da competição, que além de inédita para o clube dá garante vaga para a Libertadores 2013.
Como todos sabemos o elenco tem carências graves, principalmente na zaga e na marcação do meio campo, e Lucas, Casemiro e Uvini deverão desfalcar o time durante a preparação e a disputa das Olimpíadas de Londres, além dos amistosos da seleção brasileira.
Por lado teremos as “estréias” de Fabrício e Cañete, e as voltas de Rogério Ceni  e Wellington (além do próprio Uvini).
Isto posto, e deixando a paixão de lado (se é que isso é possível), como você avalia as reais chances do São Paulo conquistar seu 7º título brasileiro?
Responda na enquete ao lado.

RESULTADO
Opções Votação
0% a 20% 23%
20% a 40% 18%
50% a 60% 19%
60% a 80% 19%
80% a 90% 13%
100% 6%

Ufa, acabou!


Até que enfim essa semana acabou. Foi só rolo, mas serviu para colocar algumas coisas em dia.
Neste final de semana começa o Brasileirão 2012 e o blog voltará a normalidade.
Por falar em Brasileirão, já se inscreveu na liga “by Guedex 2012 do Cartola FC”
Nem sabe o que é isso? Então conheça o site, o blog e o regulamento.
Agora que já sabe como funciona, participe! Quanto mais participantes tiver maior será a vitória do meu time, o “byG”!

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Discurso atrasado não adianta

Aldo Rebelo, Ministro do Esportes, chega atrasado em evento realizado na cidade de São Paulo e culpa problemas de mobilidade.
Copa de 2014 se aproxima e obras ainda não saíram do papel.

terça-feira, 15 de maio de 2012

Recurso contra habeas corpus de Oscar será julgado hoje


Será julgado hoje, no TST de Brasília, o recurso impetrado pelo São Paulo para anular o habeas corpus concedido à Oscar pelo ministro Guilherme Caputo Bastos.
A decisão será tomada por um colegiado de nove ministros, entre eles o próprio Caputo. Segundo o Blog do Birner, o ministro Pedro Paulo Manus, que também faz parte do colegiado, se declarará impedido de votar por ter ligações com o Tricolor.
Para evitar dúvidas sobre a isenção dos ministros, Caputo Bastos deveria seguir os passos de seu colega uma que é casado com a filha de um conselheiro do Internacional, que também é consultor do escritório contratado para defender o atleta.

Atualização: 14h35
A ação são-paulina não entrou na pauta da Segunda Sessão Especializada em Dissídios Individuais do Tribunal Superior do Trabalho, em Brasília.
"Na semana passada, faltavam documentos para que a análise dos ministros pudesse ser feita. Na última segunda, chegou tudo o que faltava, e a expectativa era de que houvesse a análise nesta terça, o que não aconteceu. O relator, que é o ministro Guilherme Caputo Bastos, não precisa justificar o motivo. Agora, com tudo lá, a nossa expectativa é de que não passe da próxima terça-feira" - afirmou o advogado do São Paulo, Carlos Eduardo Ambiel

Em tempo: Além do habeas corpus concedido por Caputo Bastos, Oscar ainda poderá seguir no Internacional amparado por decisão do ministro Barros Levenhagen, decisão esta que o tricolor também está questionando.

Para saber mais:

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Vício de linguagem

Clique na imagem para ampliar

Oscar consegue nova liminar, joga como titular, mas Internacional é eliminado da Libertadores.

Já "era"

Clique na imagem para ampliar

O futebol é marcado por “eras”. O jeito é tentarmos nos convencer de que somos “sortudos” por estar presenciando a “era Neymar”.


A ponte não partiu!

Clique na imagem para ampliar

São Paulo vence Ponte Preta de virada e se classifica para as quartas de finais da Copa do Brasil.

quinta-feira, 10 de maio de 2012

E ai? Vai encarar?


Vai começar o Cartola FC 2012 e a Liga “by Guedex 2012” já está criada!
Você é daqueles que manja mesmo de futebol ou só do tipo fala muuuito?
Meu time, o byG, já está inscrito e este ano está determinado a conquistar o título da liga.
E ai? Vai encarar?

Clique aqui e inscreva-se na Liga “by Guedex 2012” do Cartola FC. 

Toma que o filho é teu


Felipão reclama que diretoria não assume responsabilidade por contrações de jogadores desconhecidos.

A estrela solitária (II)

Clique na imagem para ampliar


Releitura de uma charge que fiz em abril/2011.
Na época (21/04/2011), três dias após ser desclassificado das finais do campeonato carioca o Fogão também foi eliminado da Copa do Brasil.
Não mudou muita coisa...

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Sarou

Clique na imagem para ampliar


Fifa e Governo Brasileiro fazem as pazes.

terça-feira, 8 de maio de 2012

Veja quem são os Ministros que decidirão sobre a cassação do habeas corpus de Oscar


Conheça um pouco sobre os ministros que irão julgar o recurso que São Paulo ingressou no TST a fim de cassar o habeas corpus concedido a Oscar.

Como os nove ministro que compõem a Subseção 2 da Seção Especializada em Dissídios Individuais, do TST, reúnem-se às terças-feiras, é possível que o recurso seja apreciado ainda hoje.


João Oreste Dalazen - Presidente: Nasceu em Getúlio Vargas (RS). Obteve graduação e pós-graduação em Direito, em nível de Mestrado, pela Universidade Federal do Paraná;




Maria Cristina Peduzzi - Vice-presidente: Iniciou  curso na Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e se formou na UnB, fez carreira em Brasília;




Antonio José de Barros Levenhagen - Corregedor-Geral da Justiça do Trabalho: Nasceu em Baependi (MG). Formado em Direito, pela Faculdade de Direito de Varginha/MG, fez carreira em São Paulo e Campinas;




Emmanoel Pereira: Nasceu em Natal (RN). Bacharel em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Fez carreira em Natal/RN);




Alberto Luiz Bresciani de Fontan Pereira: Nasceu no Rio de Janeiro (RJ). Bacharel em Direito pela Universidade Federal de Juiz de Fora (MG), fez carreira no Rio de Janeiro;




Maria de Assis Calsing: Nasceu em Juiz de Fora (MG). Bacharelou-se em Direito pelo Centro de Ensino Unificado de Brasília – CEUB e é Mestre em Direito e Estado pela Universidade de Brasília, fez carreira em Brasília;




Pedro Paulo Teixeira Manus: Nasceu em São Paulo. É bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade Paulista de Direito da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, fez carreira em São Paulo;




Guilherme Augusto Caputo Bastos: Nasceu em Juiz de Fora (MG). Bacharelou-se em Ciências Econômicas pelo Centro de Ensino Unificado de Brasília (CEUB) e em Direito pela Universidade de Brasília (UnB). É pós-graduado em Direito do Trabalho pelo Centro de Ensino Unificado de Brasília (CEUB) e em Direito Material e Processual do Trabalho pela Universidade de León, na Espanha, fez carreira em Brasília e no Mato Grosso.




Carlos Alberto Reis de Paula: Afastado temporariamente da jurisdição. (Não tenho a informação de quem será seu substituto)


segunda-feira, 7 de maio de 2012

Oscar deu hoje um tiro no próprio pé


Oscar reuniu-se hoje pela manhã com o Ministro do TST, Caputo Bastos, em Brasília.
Questionado sobre o que o motivou a deixar o São Paulo FC, o meia afirmou que trocou o clube paulista pelo gaúcho por questões financeiras.
É inconcebível que a justiça permita a quebra de um contrato, sem que a multa estipulada nele seja integralmente paga, tendo como justificativa o desejo de obter maior ganho financeiro para si.
Se a justiça desse país for séria o argumento do jogador será sua forca.

PS. O encontro de Caputo com representantes do atleta, do SPFC e do Inter ainda não ocorreu porque o presidente da CBF, José Maria Marin, deseja a participação de algum membro da entidade.

E a história se repete...

Clique na imagem para ampliar

Guarani perde de 3 a 0 do Santos e praticamente dá adeus ao sonho do título paulista.

sábado, 5 de maio de 2012

Show de bola no Engenhão!



Fernanda Maia, a maior revelação do futebol carioca nos últimos anos, estará “gandulando” na primeira partida da final.

sexta-feira, 4 de maio de 2012

O "bicho" vai pegar?

Clique na imagem para ampliar

Guarani tem a difícil missão de desbancar o Peixe nas finais do Paulistão 2012.

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Que medo!

Clique na imagem para ampliar


Após derrota e ingerência da diretoria, Leão dá dura no elenco.

O ministro, o sogro, e a justiça


O Blog do Birner fez uma importante revelação: o sogro de Guilherme Caputo Bastos, ministro do TST que concedeu habeas corpus a Oscar, presta serviços ao escritório do advogado do atleta.
E mais: é conselheiro do Internacional.
Tirem suas conclusões.

Clique aqui e veja a matéria completa.

A diretoria tricolor acabou com a única coisa que Leão tinha a oferecer


Não bastasse as fracas atuações do time, nossa diretoria contribuiu para mais um motivo de vergonha.
A forma como Paulo Miranda foi (merecidamente) afastado foi amadora.
Acabou com a única coisa que Leão tinha a oferecer: autoridade.

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Sem dúvidas, seria uma bela camisa

Clique na imagem para ampliar

Entrei na "pilha" do @blogdonavarro_ e adaptei o desenho da camisa do Milan para uma versão do SPFC.
Ficou mais bonita que a do clube milanês não ficou não?
Gosto muito do desenho das camisas da Adidas, mas precisamos valorizar a parceria com a Reebok. Ficarei feliz se ela renovar com o Tricolor