quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Em débito não só com a torcida

Clique na imagem para ampliar

Mergulhados em crise financeira, Vasco e Flamengo se enfrentam hoje, no Engenhão.

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

"Cutucando" a fera

Clique na imagem para ampliar

Se vencer a partida de hoje, válida pela semifinal da Copa do Rei, o Barcelona de Messi irá se igualar ao Real Madrid em número de vitórias no clássico espanhol.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Imaginem a tristeza


Ao acompanhar o noticiário sobre o que aconteceu no Rio Grande do Sul,  não deu pra dissociar o slogan “Imagine a festa” da tragédia de Santa Maria, onde mais de 200 jovens imaginaram estar seguros numa festa.
Alguém (ou “alguéns”) permitiu que aquela arapuca estivesse em operação, e são justamente esses, os responsáveis por permitir  (em troca de quê?) que o estabelecimento estivesse em funcionamento, que com certeza ficarão impunes.
E não me venham dizer que faltam recursos ou pessoal para fiscalizar porque dinheiro tem! Se arrumaram grana para os estádios e se abriram mão de receita com as isenções de impostos é porque deve ter dinheiro sobrando! Ou então sendo gasto de forma também irresponsável.
O que falta é honestidade!
Pais rico, não é o que tem “Pibão", Copa, Olimpíada ou esse monte de eventos que estão vindo para o Brasil. Pais rico é aquele onde se vive com dignidade.
Talvez o que nos reste seja mesmo imaginar a festa, já que a tristeza, é real.


Tempo é dinheiro: Faltam quinhentos!

Clique na imagem para ampliar
Faltando 500 dias para o início da Copa do Mundo de 2014 no Brasil, mais da metade das obras planejadas pelas autoridades públicas para preparar o país para receber o torneio estão atrasadas e correm o risco de não ficarem prontas a tempo. O Orçamento? Isso é detalhe...

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

O Curioso Caso De Benjamin Ceni

Clique na imagem para ampliar
Assim como o personagem Benjamin Button, a motivação de Rogério Ceni aos 40 anos o faz parecer cada vez mais novo

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

O bom e velho “frio na barriga” está de volta


Hoje é dia de matar saudade da ansiedade, da tensão, do frio na barriga que só uma partida decisiva da Libertadores é capaz de nos proporcionar.
A pressão sobre os atletas na partida de hoje contra o Bolivar, no Morumbi, será enorme. O Tricolor precisa fazer um resultado elástico o suficiente para jogar com tranquilidade a partida de volta nos absurdos 3.600m de altitude de La Paz.
E é justamente por causa dessa necessidade que o técnico Ney Franco optou pela entrada de Aloísio no lugar de P.H. Ganso, uma vez que assim o time voltará a atuar num esquema ao qual está mais adaptado, e de quebra, ganhará maior poder de fogo para obter uma boa vantagem de gols.
Mas não é só do friozinho na barriga que mataremos saudade esta noite. Hoje é dia de matar a saudade da simbiose time/torcida, é dia de sentir o Morumbi pulsando no ritmo de nossos corações, é dia de matar saudade da “nossa” competição.
El Campeón Volvió!
Imagem: Luca SM / SPFCpédia

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Mitos são eternos

Clique na imagem para ampliar

Rogério Ceni completa quarenta anos em plena forma e esbanjando técnica no gol do Tricolor.

Rally do Verdão: Ou breca ou capota!

Clique na imagem para ampliar

Piloto de rally, Paulo Nobre tem difícil missão de “dirigir” o Palmeiras.

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Há um ano no Brasil, Zizao continua "pedalando"

Clique na imagem para ampliar
Em sua estréia como titular, Zizao dá "pedaladas" e passe para gol.

sábado, 19 de janeiro de 2013

Agora é com a gente!

Clique na imagem para ampliar
Vista nossa camisa! Faça parte do programa Sócio Torcedor e ajude o São Paulo a ser ainda mais forte.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Sexta no cinema: A Casa Caiu

Clique na imagem para ampliar

São Paulo e Penalty lançam camisa para 2013

Reprodução: Site Oficial do SPFC
Kauê Fretas

Evento aconteceu na manhã desta quinta-feira, no Estádio do Morumbi
Imagem: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Em evento realizado na manhã desta quinta-feira no Estádio do Morumbi, o São Paulo Futebol Clube e a Penalty, nova fornecedora esportiva do clube, lançaram o novo uniforme da equipe. Com contratado de três anos, o clube e a empresa reeditam a grande parceria que fez sucesso nos anos 90.
Além dos uniformes de jogo, os modelos para viagens e treinos também foram apresentados aos jornalistas e convidados presentes ao evento. Denis, Wellington, Jadson, Lúcio, Paulo Henrique Ganso e Luis Fabiano, além de modelos, desfilaram na passarela tricolor.
"É um retorno depois de 18 anos. Um trabalho diferenciado, de tecnologia e com ideias inovadoras. Nos próximos três anos de contrato, nós vamos encantar a torcida são-paulina. Tenho certeza de que vamos conseguir isso", ressaltou Roberto Estefano, presidente da Penalty.
A grande expectativa do torcedor girava em torno do uniforme 1 e 2. A tradicional camisa branca em gola polo, representada pelo meia PH Ganso, traz as listras tricolores na horizontal. Na manga, há uma estrela dourada em homenagem ao segundo título mundial conquistado pelo São Paulo em 1993.
Já a camisa 2 em gola V possui listrar verticais nas cores vermelho, branco e preto, com um design mais agressivo, que dá ao modelo um ar mais moderno e jovial. A peça foi apresentada pelo artilheiro Luis Fabiano, que subiu na passarela com suas filhas e outras crianças.
"Temos uma história antiga com a Penalty e agora fizemos um novo casamento. Espero que possa trazer novos frutos e que possamos caminhar para o êxito nesta temporada", completou o presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio.
O São Paulo estreará o novo uniforme já no próximo sábado diante do Mirassol, também no Morumbi, na estreia da equipe no Campeonato Paulista deste ano. O time segue em pré-temporada no CFA Laudo Natel, em Cotia.

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

O enfeite do bolo acabou sendo outro

Clique na imagem para ampliar


Juvenal diz que não irá participar de leilão e desiste de contratar Vargas, a “cereja do bolo”.

Novo plano Sócio Torcedor do SPFC

O Daniel Perrone, blogueiro do globoesporte.com, fez uma boa análise no novo programa de Sócio torcedor do Tricolor (inclusive com comparativo com planos de outros clubes).

sábado, 12 de janeiro de 2013

Faiô...

Clique na imagem para ampliar



Por problemas na nova arena, Grêmio voltará a jogar no Estádio Olímpico nos primeiros jogos do Campeonato Gaúcho.


quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Qual a melhor formação para a zaga tricolor e quem deve ser titular da lateral direita?


As duas primeiras “brigas” pela titularidade no time já estão em curso. Na zaga, Rhodolfo e Tolói duelam para ver quem irá atuar ao lado de Lúcio, e na lateral direita, Douglas e Paulo Miranda disputam uma vaga no time.
Nos treinamentos da pré-temporada que estão sendo realizados no CFA de Cotia, Rhodolfo e Douglas saíram em vantagem.
A justificativa de Ney Franco foi a falta de tempo para adaptar Rafael Tolói ao lado esquerdo até o confronto com o Bolivar, e a suspensão de Paulo Miranda para este primeiro jogo da fase Pré-Libertadores.
Mas, passada essa fase, é provável que a disputa por essas posições se intensifiquem, uma vez que Tolói tem feito grandes atuações (e também não dá para descartar a volta do 3-5-2).
Já Paulo Miranda, embora ainda deixe a desejar no apoio, conseguiu resolver o problema de marcação do lado direito do time. Há ainda Lucas Farias, que pode receber uma chance dependendo de seu rendimento na “Copinha”.
Então, o by Guedex quer saber:
  • Qual a melhor formação para a zaga tricolor?
  • Quem deve ser titular da lateral direita?

Deixa sua opinião nas enquetes ao lado.

RESULTADOS 
Qual a melhor formação para a zaga tricolor? 
Opções Votação
Lúcio e Rhodolfo 15%
Lúcio e Tolói 62%
Rhodolfo e Tolói 5%
Lúcio, Rhodolfo e Tolói 18%

Quem deve ser titular da lateral direita?
Opções Votação
Douglas 20%
Lucas Farias 17%
Paulo Miranda 63%

Sim, nós p(h)odemos!

Clique na imagem para ampliar



Associação de prostitutas de MG organizará cursos gratuitos de idiomas para profissionais do sexo.


Nota Oficial

Reprodução: Site Oficial do SPFC

Sobre a nota publicada na versão "online" da Revista Época Negócios, acerca do novo contrato de fornecimento de material esportivo firmado entre São Paulo Futebol Clube ("SPFC") e Penalty, o SPFC vem fazer os seguintes esclarecimentos.
O SPFC reafirma, em todos os seus termos, com a seriedade e a responsabilidade caracterizam esta Instituição e pelas quais é reconhecida no Brasil e no Exterior, o inteiro teor da sua NOTA OFICIAL sobre o tema, publicada no site do Clube em 1 de janeiro de 2013.
O jornalista responsável pela matéria atesta sua mais absoluta ignorância acerca do contrato que se propôs a comentar, desconhecendo, inclusive, o inteiro teor das propriedades envolvidas e, em especial, o fato de que, em se tratando de um contrato firmado com o SPFC, está envolvida a comercialização de propriedades atinentes ao Estádio do Morumbi, que poderão ser exploradas desde o momento inicial de vigência do negócio. Essa característica torna sua tentativa de realizar comparações para com contratos firmados com outros clubes (que, aliás, o SPFC nunca pretendeu estimular) absolutamente descabida.
Em todas as rubricas do contrato mencionadas pela matéria há erros e imprecisões. Nenhuma delas sequer se aproxima da realidade do que foi efetivamente avençado, o que condena em absoluto a referida reportagem em todos os seus termos e, em especial, no que tange à conclusão a que, equivocadamente, o jornalista responsável pretende induzir os seus leitores.
O jornalista errou o número de peças fornecidas, as premissas utilizadas para contabilizar seu valor, os valores pagos a título de royalties e, pior, mencionou um valor que se aproxima ao montante pago apenas a título de luvas como sendo o valor integral do preço do contrato. Nada mais absurdo!
Por razões de estratégia comercial e de negócios tanto da Penalty quanto do SPFC, refletidas nas cláusulas de confidencialidade do contrato, o SPFC está impedido de divulgar os valores exatos atinentes a cada propriedade em questão. Todavia, como prova do seu compromisso de transparência para com o torcedor, divulgou, em sua nota oficial acima mencionada, muito mais informações sobre o negócio do que é praxe nesse tipo de acordo envolvendo clubes de futebol do Brasil.
O que o SPFC reafirma nessa oportunidade, como já o fez anteriormente, que está feliz e absolutamente satisfeito com a retomada da parceria com a Penalty e que tem convicção de que será a mesma tão exitosa e bem sucedida como já foi no passado.
Quanto ao mais, o SPFC compreende que a matéria em referência está eivada por uma combinação de sentimentos ruins, tais como: o ego ferido do jornalista que já houvera sido desmentido sobre esse mesmo tema recentemente, bem como paixões clubísticas e outras motivações subalternas, que, colocadas em detrimento da responsabilidade jornalística, somente poderiam resultar, como efetivamente resultaram, em material de conteúdo jornalístico absolutamente imprestável na medida em que não atinge a finalidade precípua de bem informar os leitores e o público em geral.

Julio Cesar Casares
Vice-Presidente de Comunicação e Marketing

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Truque velho

Clique na imagem para ampliar



Valdívia não se reapresenta ao Palmeiras na data marcada.



sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

TÚL1000!

Clique na imagem para ampliar


Na última quinta-feira à noite, em Campos dos Goytacazes, na vitória do time sub-23 do Botafogo por 4 a 1, diante do Rio Branco-RJ, Túlio fez dois e chegou ao 995º gol (pronto, agora pode rir)

SPFC já treina com material da Penalty

Imagem: Rubens Chiri/saopaulofc.net


O Tricolor está fazendo a pré temporada em Cotia já com os novos uniformes de treino da Penalty para a temporada 2013.
Eu gostei, e vocês?

Nouvelle cuisine

Clique na imagem para ampliar



São Paulo e Corinthians disputam quem tem a melhor “receita” para o sucesso nesta temporada.


Sexta no cinema: Se Eu Fosse Você

Clique na imagem para ampliar



Novo presidente terá que mudar muita a coisa para sanear finanças do Flamengo.


quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Muller: Esse fala!

Clique na imagem para ampliar

Em pesquisa do UOL Esporte, jogadores elegem Muller como o pior comentarista de TV.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Crise de abstinência

Clique na imagem para ampliar


Torcedores não aguentam mais esperar pelo início da temporada 2013. 
Ô fissura...

É Penalty!

Imagem: AFP/Raí e Ronaldão-Tóquio 92

O São Paulo confirmou ontem a assinatura e os valores do contrato com a Penalty, nova fornecedora de material esportivo do clube.
Com duração até 2015, a fabricante nacional irá pagar “mais de R$ 35 milhões/ano” e também fará investimentos na equipe de Futsal, o que o torna o segundo maior contrato do segmento, atrás apenas do Flamengo com a Adidas.
Como a apresentação do novo manto será no dia 17 de janeiro, durante a Copa São Paulo a equipe utilizará uma camisa provisória.
Da mesma forma como fiquei surpreso (negativamente) com os valores que foram inicialmente divulgados pela imprensa (R$ 18 milhões/ano), estou surpreso (positivamente) pelos valores e abrangência do contrato que foi assinado. Parabéns aos envolvidos, tanto pela sucesso da negociação quanto na manutenção do sigilo.
Quanto a “grife” da camisa, basta olhar direito que você verá que ela continua lá: SPFC!
Coincidentemente nos anos mais vitoriosos do Tricolor nosso fornecedor de material esportivo foi uma empresa nacional: a própria Penalty em 92/93 e a Topper (que na minha opinião fez o uniforme mais bonito da história do SPFC), em 2005.
Quem sabe a história não se repete?

Em tempo: Quanto ao que foi postado no “Creio em São Paulo”, o autor deve ter se esquecido de reproduzir os tuites que se seguiram na “conversa”:

@byGuedex: (cont)... fala algo que nos desagrada. Volto a REPETIR: na MINHA opinião, estando corretos os valores que circulam (cont)...

@byGuedex: (cont)... na IMPRENSA, o SPFC fez um mal negócio. Se no futuro fizermos um contrato melhor ótimo, mas isso (cont)...

São Paulo inicia 2013 com cofre quebrado

Clique na imagem para ampliar


Tricolor anuncia acordo com a Penalty por três temporadas no valor de R$ 35 milhões/ano, o segundo maior do Brasil, atrás apenas do Flamengo.